09:21 20 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 11
    Nos siga no

    Uma corte da Somália condenou à morte neste sábado 43 membros do grupo Harakat al-Shabab, por participação nos recentes ataques realizados no país, segundo informou a mídia africana.

    "Todos os réus admitiram sua culpa, insistindo que participaram dos recentes ataques", afirmou o procurador-geral da região de Puntlândia, Abdullahi Hersi Eed, citado pelo jornal nigeriano The Nation. 

    A Somália se encontra mergulhada em um conflito armado contra militantes extremistas islâmicos há duas décadas, dependendo profundamente da ajuda das forças de paz da União Africana para garantir a ordem e a proteção da população. O colapso do país favoreceu o aparecimento de senhores da guerra, piratas e terroristas, como os do Al-Shabab, afiliado da Al-Qaeda e responsável por inúmeros atentados no território nacional, onde pretende estabelecer um Estado Islâmico. 

    Mais:

    FMI aprova programa para reconstruir a economia da Somália
    Exército da Somália elimina líder do Al-Shabaab
    Turquia anuncia base militar na Somália
    Terroristas matam mais de 50 pacificadores na Somália
    Tags:
    Somália, Nigéria, África, Puntlândia, Abdullahi Hersi Eed, Al-Shabaab, Al-Qaeda, The Nation, União Africana
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar