14:12 20 Junho 2018
Ouvir Rádio
    Aleksei Miller, Gazprom

    Bolívia convida Rússia para prospecção conjunta de gás

    © Sputnik / Konstantin Chalabov
    Mundo
    URL curta
    Elites discutem economia na Rússia (17)
    7120

    A Bolívia assinou um acordo com a Gazprom para a prospecção de três campos, um passo prévio ao processo de exploração, segundo informou o ministro de Hidrocarbonetos e Energia, Luis Alberto Sánchez, durante o Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo (SPIEF na sigla em inglês).

    "É um prazer estar hoje em São Petersburgo, onde assinámos com o senhor (Aleksei) Miller (presidente da Gazprom) um convênio para a prospecção de três campos, que é a parte inicial de um processo de exploração", afirmou o ministro em conversa exclusiva com a Sputnik Novosti.

    "Temos bons acordos e intenções de investimento", relata Sánchez, que assegura que a Gazprom "não só vai fazer exploração, estamos falando sobre a possibilidade de comercialização".

    Se trata de um dos vários acordos e protocolos sobre cooperação energética que a Rússia e a Bolívia celebraram recentemente.

    "Com a Rosatom (corporação estatal russa de energia nuclear) temos um memorando, que foi assinado na Bolívia, e agora estamos trabalhando para assinar nas próximas semanas um memorando de comunicação e treinamento", explica o ministro Sánchez.

    No final de julho, serão assinados dois contratos para o início da construção de um centro de desenvolvimento de tecnologia nuclear com fins pacíficos.

    "Basicamente, o primeiro contrato para um estudo geológico da área onde se vai construir o centro e o outro é para a definição da infraestrutura", esclarece o ministro boliviano.

    Também será celebrado um memorando com a Kamaz para mudar a matriz energética dos veículos pesados, caminhões e ônibus, de motor diesel para gás natural veicular (GNV).

    O Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo 2016, realizado sob os auspícios do presidente russo, Vladimir Putin, se realiza entre os dias 16 e 18 de junho. O evento é frequentado anualmente por diversos representantes empresariais e autoridades de dezenas de países, que discutem assuntos econômicos globais.

    Tema:
    Elites discutem economia na Rússia (17)

    Mais:

    Rússia expressa vontade de construir primeira usina nuclear na Bolívia
    Bolívia não quer galinha imperialista no seu território
    Bolívia rechaça interferência estrangeira em assuntos internos
    Tags:
    explicações, gás, Gazprom, Aleksei Miller, São Petersburgo, Bolívia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik