18:05 21 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Reunião extraordinária do Sinódio da Igreja ortodoxa russa na residência do Patriarca de Moscou e de toda a Rússia, Moscou, Rússia, 13 de junho de 2016

    Desacordo se instala entre Igrejas Ortodoxas

    © Foto / Serviço público do Patriarca de Moscou e de toa a Rússia
    Mundo
    URL curta
    237
    Nos siga no

    A Igreja Ortodoxa Russa insiste em adiar o Concílio Pan-ortodoxo marcado para a segunda metade de junho e discutir as divergências surgidas durante os preparativos.

    O Sínodo extraordinário da Igreja russa propôs, em 13 de junho, realizar uma reunião para discutir todos os problemas levantados durante a preparação do Concílio. Os hierarcas expressaram sua preocupação com o fato de nem todas as igrejas ortodoxas concordarem participar do Concílio.

    A Igreja Ortodoxa de Constantinopla tenciona realizar o Concílio Pan-Ortodoxo entre 16 e 26 de junho em Creta, apesar de exigências de outras igrejas ortodoxas de adiar o concílio. A Igreja de Antioquia, bem como as igrejas búlgara e georgiana, desistem da participação do concílio. A Igreja Ortodoxa de Sérvia pediu para adiar a reunião pan-ortodoxa por algum tempo e discutir os assuntos levantados.

    Em 3 de junho, o Sínodo da Igreja russa apelou à convocatória de uma reunião antes do Concílio por causa da situação de emergência. Entretanto, o Patriarcado de Constantinopla declarou que é impossível rever o processo de preparação para concílio.

    "Os preparativos se realizam da forma que foi votada pelas igrejas e, como foi decidido em 27 de janeiro (na reunião de chefes de igrejas em Chambesy), terá lugar o Concílio Pan-ortodoxo", disse à RIA Novosti o membro do comité organizativo do concílio, sacerdote Aleksandros Katrloutsos.

    A posição da Igreja russa é que se não forem resolvidas as divergências, e recebido o acordo das outras igrejas de participar do concílio, a Igreja russa não poderá tomar parte da reunião.

    Papa Francisco e deputado comunista russo Pavel Dorokhin com fitas de São Jorge
    Photo courtesy of Pavel Dorohin
    Todos os especialistas concordam que sem a Igreja russa o concílio não terá um caráter pan-ortodoxo. Entretanto, não há uma única visão de como se desenvolverá a situação no futuro. Há duas variantes. A primeira é o concílio ser realizado, mas apenas como uma reunião entre várias igrejas ortodoxas. A segunda é o Patriarcado de Constantinopla tomar a decisão de adiar o concílio.

    O objetivo do Concílio Pan-ortodoxo é consolidar a unidade entre as igrejas e desenvolver a cooperação entre elas. Além disso, tais reuniões resolvem os problemas atuais da fé ortodoxa.

    O Concílio Pan-ortodoxo foi sendo preparado ao longo de mais de 50 anos e é destinado ser a primeira reunião de todas as igrejas ortodoxas do mundo.

    Segundo a Igreja russa, há 15 igrejas ortodoxas no mundo e segundo a de Constantinopla elas são 14 (não incluem a Igreja Ortodoxa Americana). A maior igreja ortodoxa é a russa, que inclui mais de 100 milhões de fiéis.

    Tags:
    religião, reunião, Concílio Pan-ortodoxo, Igreja Ortodoxa, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar