02:16 29 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    3010
    Nos siga no

    Os EUA estão à espera de resposta da Rússia às propostas feitas por Washington sobre o reforço do regime de cessar-fogo na Síria, disse o porta-voz do Departamento de Estado norte-americano, Mark Toner, em entrevista coletiva nesta segunda-feira (13).

    A trégua mediada pelos dois países entrou em vigor em toda a Síria em 27 de fevereiro, sendo que organizações terroristas como o Daesh (Estado Islâmico) e a Frente al-Nusra foram excluídas do acordo.

    "Nós apresentamos propostas para o lado russo para reforçar a cessação das hostilidades nessas áreas específicas ao noroeste de Aleppo, e nós estamos esperando para ver se Moscou pode ser sensível a essas propostas", disse Toner.

    A Rússia tem denunciado repetidamente os ataques que a al-Nusra tem realizado contra o exército sírio e as forças curdas em Aleppo, segunda maior cidade da Síria.

    No início deste mês, Washington pediu a Moscou para dirigir os seus ataques aéreos exclusivamente contra a al-Nusra e abster-se de atacar os chamados rebeldes "moderados", que são associados da Al-Qaeda na Síria.

    Mais:

    Exército sírio deve escolher: Raqqa ou Aleppo
    Militantes da Frente Nusra fortemente armados se reúnem perto de Aleppo
    Base aérea síria comemora do Dia da Rússia
    Afinal: Pentágono reconhece o fato do ataque contra aliados na Síria
    Casa Branca: Daesh já perdeu 50% dos territórios na Turquia e 20% na Síria
    Aviões russos entregam 36 toneladas de ajuda humanitária à Deir ez-Zor, na Síria
    Tags:
    propostas, trégua, cessar-fogo, acordo, Al-Qaeda, Frente al-Nusra, Estado Islâmico, Daesh, EUA, Rússia, Síria, Aleppo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar