12:17 20 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    2122
    Nos siga no

    O ministro das Relações Exteriores da Polônia, Witold Waszczykowski, declarou que a Rússia está causando uma dor de cabeça para a Europa.

    O veículo blindado norte-americano Stryker na Polônia, no âmbito dos exercícios militares dos EUA e OTAN Dragoon Ride
    © AP Photo / Alik Keplicz
    "Neste momento, estamos diante de uma decisão importante da instituição a que pertencemos, a União Europeia vai decidir como desenvolver relações com a Rússia, que nos causa uma dor de cabeça na Europa porque se mantêm uma política bastante agressiva", disse ele quando durante o encontro com o seu homólogo búlgaro, Daniel Mitov.

    Ele acrescentou que os países da OTAN reuniuram-se em 8 e 9 de Julho em Varsóvia para tomar decisões sobre uma resposta confiável da Europa e da Aliança do Norte frente às ameaças tanto do leste, quanto do sul.

    Segundo Waszczykowski, Polônia e Bulgária concordam que, se existem ameaças vindo do leste, é necessário buscar o apoio de aliados ocidentais.

    "Este apoio deve simplesmente incluir o envio de tropas aliadas no flanco oriental da OTAN, que se estende do Báltico até o Mar Negro", acrescentou.

    Moscou, por sua vez, nega qualquer acusação de agressão e qualificou de provocativa o aumento da presença das forças da Aliança perto de suas fronteiras. 

    Mais:

    Mídia: Polônia realiza 'mobilização em massa' de apoio à OTAN
    Dois pesos, duas medidas: Hells Angels visitam Polônia
    Financial Times: UE considera a implementação de sanções contra a Polônia
    Polônia reabre processo de extradição do cineasta Roman Polanski para os EUA
    Cinco caças MiG-29 fazem pouso não programado em aeroporto civil na Polônia
    Tags:
    Polônia, Rússia, Europa, Witold Waszczykowski, OTAN, provocação
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar