02:12 23 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 91
    Nos siga no

    O presidente da Síria, Bashar Assad, classificou o regime do líder turco, Recep Tayyip Erdogan, de ‘fascista’.

    “O regime fascista de Erdogan tem a mira direcionada para Aleppo (região síria fronteiriça com Turquia) já que é sua última esperança de levar a cabo o seu projeto islamista”, disse Assad ao comparecer pela primeira vez diante do Parlamento eleito em abril. 

    O presidente sírio advertiu que “Aleppo se converterá em um cemitério de sonhos e esperanças” de Erdogan. 

    Nas últimas eleições de 13 abril na Síria, venceu a aliança Frente Progressista Nacional da Síria, liderada por Assad, que controla agora 200 dos 250 assentos, com 32 a mais do que na legislatura anterior.

    Pela primeira vez na história uma mulher, Hadia Meio Abascal, foi nomeada presidente do Legislativo sírio.

    Mais:

    MRE: Posição dos EUA sobre futuro de Assad mudou
    Lavrov: 'Rússia não é aliada de Assad'
    Kerry manda Assad se preparar para deixar o governo sírio
    Congressista: Novas forças dos EUA devem combater Daesh, não Assad
    De vento em popa: É por isso que Assad está 'em alta'
    Tags:
    parlamento, regime, Bashar Assad, Recep Tayyip Erdogan, Turquia, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar