14:13 20 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Manifestante chuta granada de gás lacrimogênio de volta para a polícia em protesto contra reforma trabalhista em Paris.

    Polícia francesa usa gás lacrimogêneo em protesto da esquerda

    © REUTERS / Gonzalo Fuentes
    Mundo
    URL curta
    0 01
    Nos siga no

    A polícia francesa usou gás lacrimogêneo e cacetetes para dispersar uma manifestação anti-fascista em Paris, informou a imprensa local neste sábado.

    Centenas de ativistas se reuniram na capital francesa para honrar a memória de Clement Meric, jovem de esquerda morto em 20013 em uma luta contra radicais de extrema direita.

    Segundo o canal BFMTV, a polícia usou gás lacrimogêneo e cacetetes para dispersar os manifestantes, que começavam um tumulto e insultavam a polícia. Como resultado do embate, quatro manifestantes foram presos.

    O canal de TV informou que os manifestantes danificaram vários veículos, inclusive um carro de propriedade do município.

    Em junho de 2013, Meric foi agredido gravemente em uma luta entre radicais de extrema direita e ativistas anti-fascistas em uma região comercial da cidade. Algumas horas depois da briga, Meric teve sua morte cerebral declarada. O caso repercutiu muito na cidade.

    Mais:

    Alemanha e França planejam estreitar cooperação militar europeia
    França inundada: Metrô de Paris fechado, Louvre ameaçado... e ladrões fugindo a nado
    França confirma descoberta de caixa-preta do avião da EgyptAir
    Tags:
    extrema direita, esquerda, manifestações, gás lacrimogêneo, polícia, França, Paris
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar