03:56 23 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Bandeiras da Rússia e da UE

    Países ocidentais 'fazem jogo sujo'?

    © Sputnik / Vladimir Sergeev
    Mundo
    URL curta
    16102

    A Rússia não patrocina os partidos radicais nos países da União Europeia, afirmou o presidente do Comitê Internacional do Conselho da Federação (câmara alta do parlamento russo) Konstantin Kosachev.

    "É surpreendente que, no âmbito de uma campanha geral de calúnia contra a Rússia <…> nos pretendem convencer de que a Rússia patrocina e inspira esses partidos [radicais]", disse o político russo aos jornalistas, no Luxemburgo, para onde viajou na sexta-feira (3) para se reunir com altos dirigentes desse país.

    "Do meu ponto de vista, o crescente apoio popular a esses partidos de extrema-direita ou de extrema-esquerda se deve ao fato de os eleitores estarem desapontados com a situação nos seus países e com o que representa, atualmente, a União Europeia", disse Konstantin Kosachev.

    O alto funcionário disse que "muita gente não gosta do jeito como funcionam hoje em dia a UE e a OTAN, e como resposta surge o apoio às ideologias mais radicais, mas isso não tem nada a ver com a Rússia".

    "As tentativas de culpar a Rússia de tudo é um jogo político sujo e indecente", concluiu.

    Mais:

    Porque UE deve parar de instalar bases da OTAN e virar à Rússia?
    Rússia disposta a negociar mercado único com UE 'em qualquer formato'
    Defesa: Rússia não é responsável por crise migratória na UE
    Tags:
    radicais, partidos, política internacional, calúnia, União Europeia, Konstantin Kosachev, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar