06:18 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    O logo de UNICEF em Colônia, Alemanha, 5 de fevereiro de 2008

    Pelo menos 20.000 crianças estão em perigo em Fallujah

    © AP Photo/ Hermann J. Knippertz
    Mundo
    URL curta
    121

    De acordo com Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), pelo menos 20.000 crianças estão em perigo na cidade iraquiana de Fallujah, informou o site do organismo internacional nesta quarta-feira (1).

    Fallujah é uma cidade sunita na província de Anbar no Iraque, em que o exército iraquiano cercou os bairros, controladas por militantes de Daesh.

    "Pelo menos 20.000 crianças permanecem presas na cidade. Segundo os relatos divulgados, os alimentos e remédios estão acabando e tem falta da água potável. As crianças enfrentam o risco de recrutamento forçado e separação de suas famílias. As crianças que são recrutadas veem suas vidas comprometidas, porque elas são forçadas a transportar e usar armas, combatendo em uma guerra", diz o comunicado de Unicef.

    A organização chamou "todos os lados do conflito a proteger as crianças em Fallujah, oferecer uma passagem segura para aqueles que desejam deixar a cidade e conceder as condições adequadas para os civis deslocados".

    Fallujah se tornou um reduto do Daesh em 2014. Em 22 de maio, o governo iraquiano deslocou para a região pelo menos 20.000 soldados para combater os extremistas e avisou os moradores para abandonarem a cidade antes da operação. Relatórios recentes da mídia mostram que militantes do grupo Daesh começaram matar residentes que tentavam deixar a cidade.

    Em 28 de maio, o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) recebeu informações sobre mortes em Fallujah, segundo as quais centenas de famílias têm sido usadas como escudos humanos por militantes de Daesh.

    Mais:

    Força aérea do Iraque aniquilou 7 líderes do Daesh
    Daesh usa ‘escudo humano’ para se defender do Exército do Iraque
    Tags:
    civis, presos, recrutamento, alimentos, direitos das crianças, Daesh, Unicef, Anbar, Fallujah, Iraque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik