10:12 19 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Bandeiras da União Europeia próximo ao edifício da Comissão Europeia, Bruxelas

    Revolta? Polônia critica UE por esta se transformar em um 'Superestado'

    © AFP 2017/ EMMANUEL DUNAND
    Mundo
    URL curta
    1101016

    "Devemos resolver os problemas no nível mais baixo possível," disse Waszczykowski, político polonês, à edição Die Welt. "Somente quando isto não puder ser feito, Bruxelas tem que intervir. A UE não deve aspirar a se tornar um Superestado".

    De acordo com Waszczykowski, os líderes da UE precisam ter "uma ampla discussão sobre o fortalecimento" da soberania dos países, enquanto os parlamentos nacionais "devem ter mais a dizer sobre os assuntos da UE," ele observou.

    Jens Stoltenberg, o secretário geral da OTAN e Andrzej Duda, presidente da Polônia
    © AP Photo/ Geert Vanden Wijngaert
    Waszczykowski também elogiou o premiê britânico, David Cameron, por este renegociar os termos da permanência do Reino Unido na União Europeia. A Grã-Bretanha deve ficar na união depois do dia 23 de junho (dia de referendo). Isso significaria que o acordo foi "um passo na direção certa" mas este passo não é suficiente, acrescenta político polonês.

    Ele disse que Varsóvia irá abster-se de adotar quaisquer medidas que possam levar o país a deixar o bloco. Na verdade, Waszczykowski apela à UE a aplicar mais esforços para criar uma união realmente enérgica, reforçar o mercado único, na sequência de uma "política forte de segurança comum" e promover o alargamento da UE.

    Na sexta-feira (27), Janusz Korwin-Mikke, deputado polonês do Parlamento Europeu, pediu a Varsóvia que siga os passos do Reino Unido, acrescentando que o seu país teria ficado melhor fora da União Europeia.

    A economia da Polônia crescia cerca de oito por cento quando "entramos para a União Europeia", disse ele ao jornal Rzeczpospolita. "Agora este índice caiu para 1%, 2% no máximo. Se tivéssemos mantido as taxas de crescimento anteriores, hoje teríamos superado a Alemanha."

    As relações entre a Polônia e a UE estão passando por uma fase difícil depois da vitória do partido Lei e Justiça (PiS, na sigla em polonês) no ano passado e as reformas que seguiram. Nesta semana, vários altos funcionários da Polónia e da Comissão Europeia disseram que os lados estão prontos a resolver as suas divergências sobre as reformas no Tribunal Constitucional, ressaltando que uma solução abrangente, satisfatória para ambos os lados, foi em uma prioridade.

    Mais:

    'Reino Unido nunca se unirá a Exército da União Europeia'
    Marine Le Pen: União Europeia se desfaz
    Será que a União Europeia está condenada?
    Tags:
    reformas, crise política, União Europeia, David Cameron, Witold Waszczykowski, Polônia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik