00:49 12 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    O Banco Industrial e Comercial da China (ICBC, na sigla em inglês)

    Títulos em yuan aparecem nos EUA

    © AFP 2019 / LAURENT FIEVET
    Mundo
    URL curta
    130
    Nos siga no

    Bancos comerciais estatais da China fizeram grande progresso na promoção da internacionalização do yuan, apesar da queda de 5,6% em relação ao dólar no ano passado.

    O Banco Industrial e Comercial da China (ICBC, na sigla em inglês) emitiu o seu primeiro certificado do depósito em yuan, permitindo às instituições emitirem produtos financeiros na moeda chinesa nos EUA, escreve o jornal China Daily.

    O Certificado de depósito bancário (CDB), no valor de 500 milhões de yuanes (R$ 272 milhões), tem um prazo de 31 dias e permite os mutuários dos EUA a emitir títulos em yuan com fim de comercialização e liquidação.

    "O lançamento é significativo no atendimento da demanda crescente dos investidores nos EUA e no resto do mundo ao yuan", disse Jiang Jianqing, o chefe do ICBC, em um comunicado.

    "O yuan se torna cada vez mais importante parte do sistema de pagamentos global, porque pagamentos nesta moeda estão crescendo mais rapidamente do que os pagamentos globais em todas as moedas", frisa o comunicado.

    Entre fevereiro e março, os pagamentos em yuan aumentaram o seu valor 18,5% em comparação com um aumento de 10,7% de outras moedas, de acordo com o Swift (Sociedade de Telecomunicações Financeiras Interbancárias Mundiais) o yuan é agora a quinta moeda mais ativamente utilizada para pagamentos globais.

    ICBC e BNY Mellon (The Bank of New York Mellon Corporation), que são os emissores e agentes pagadores do novo CDB, são membros do Grupo de Trabalho sobre comercialização e liquidação de yuan nos EUA, cuja tarefa é promover a moeda chinesa nos EUA.

    O grupo é liderado pelo ex-prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, que disse na cerimônia de lançamento que é importante que as empresas americanas podem facilmente usar a moeda chinesa.

    “Ser capaz de permitir a circulação do renminbi [moeda popular, em chinês: outro nome do yuan] aqui vai reduzir os custos para as empresas que querem fazer negócios, fazer nossos centros financeiros mais competitivos a nível mundial, e fortalecer as relações sino-americanas”, disse Bloomberg, contunuando: "Tudo isso vai fazer parte no crescimento em ambos os lados do Pacífico", disse Bloomberg.

    Grandes bancos comerciais chineses aceleraram a internacionalização do yuan, com a expansão dos negócios ao exterior por empresas chinesas e bancos.

    O ICBC registrou o volume de negócios transfronteiriços no valor de 4,34 trilhões de yuanes (R$ 2.93 trilhões), em 2015, um aumento de 18,61% comparando com o ano anterior.

    Bank of China, outro jogador na liderança da internacionalização do yuan, registrou 5,39 trilhões de yuanes na liquidação transfronteiriça do yuan no ano passado.

    Mais:

    Comércio entre China e Índia cresce mais de 20 vezes em 15 anos
    G7 está em desacordo sobre a China
    Chancelaria: China é uma das principais prioridades para a Rússia
    Tags:
    yuan, certificado, depósito, títulos, SWIFT, Banco Popular da China, ICBC, EUA, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar