02:34 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Militante da Frente al-Nusra com a bandeira do grupo na província de Idlib, Síria

    EUA manifestam duplicidade de critérios relativamente à Frente al-Nusra

    © AP Photo/ Al-Nusra Front Twitter page
    Mundo
    URL curta
    253

    Os EUA mostraram que possuem padrões duplos ao recusarem a proposta da Rússia de lutar conjuntamente contra a organização terrorista Frente al-Nusra na Síria, declarou na segunda o vice-secretário do Conselho da Segurança russo, Yevgeny Lukyanov.

    Na sexta-feira passada, o ministro da Defesa russo Sergei Shoigu disse que a Rússia propôs aos EUA iniciar, desde 25 de maio, o planejamento e bombardeamentos conjuntos contra a Frente al-Nusra e outros terroristas na Síria.

    “Propusemos [aos EUA] mas eles recusaram…É o ponto de vista deles”, disse Lukyanov aos jornalistas na véspera de um encontro internacional de altos representantes, responsáveis pela segurança.

    “A verdade é que, apesar de os EUA estarem a oferecer apoio militar a grupos armados sírios de oposição dirigidos por ‘comandantes fiáveis’ desde 2012, (dizem que através da CIA), eles não agiram de forma suficientemente dura para impor a sua influência dentro do movimento rebelde e, desta forma, evitar a criação de um proto-Estado no norte da Síria”, escreveu um analista Nicholas A.Heras para o jornal National Interest.

    Segundo Lukyanov, tais ações dos EUA testemunham “habituais” duplos padrões de Washington.

    “Algumas coisas eles entendem de outra maneira, considerando que há terroristas “bons”, tais como a Frente al-Nusra, e há terroristas maus”, afirmou Lukyanov.

    Ele destacou que “existe a oposição sadia e grupos terroristas” na Síria.

    “Cooperamos com a oposição sadia. Mais de 100 cidades e aldeias aderiram à trégua. São combatentes sérios que tomaram consciência dos interesses do seu povo. Mas penso que, para a Frente al-Nusra e o Daesh, os interesses do povo sírio não estão em primeiro lugar”, adicionou ele.

    O encontro internacional terá lugar em 24-25 de maio em Grózni, capital da Chechénia. Os altos representantes vão discutir os assuntos de resistência ao terrorismo e extremismo, o problema de segurança regional e internacional relacionado com a imigração, bem como a criação de um sistema internacional de segurança informacional.

    Tags:
    padrões duplos, CIA, Daesh, Frente al-Nusra, Sergei Shoigu, Síria, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik