13:55 12 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    O veículo de Mullah Mansour (o líder do Talibã) abatido pelos drones dos EUA

    Premiê paquistanês: EUA violam soberania do Paquistão

    © REUTERS/ REUTERS TV
    Mundo
    URL curta
    493

    O primeiro-ministro paquistanês Nawaz Sharif criticou o ataque aéreo norte-americano contra o Talibã realizado dois dias atrás na província ocidental do país, o Baluchistão, informou a mídia local na segunda-feira.

    No domingo, a Chancelaria paquistanesa confirmou que o governo do país foi informado sobre um ataque de drones dos EUA para eliminar o chefe do Talibã afegão, mulá Mansour. As autoridades dos EUA e o Pentágono informaram que o ataque foi dirigido contra o carro de Mansour, tendo morto o líder do Talibã perto da cidade paquistanesa sudoeste de Ahmwad Wal, perto da fronteira afegã, no sábado.

    Durante a viagem para Londres no domingo, Sharif descreveu a ataque de drones dos EUA como uma violação da soberania nacional do Paquistão, relata o jornal Dawn. As declarações do primeiro-ministro ecoam as declarações feitas pelo chanceler paquistanês no domingo, que disse que as questões de violação da soberania do Paquistão pelos Estados Unidos já têm sido levantadas várias vezes no passado.

    A morte de Mansour não foi confirmada pelas autoridades paquistanesas. Ele era o principal comandante do Talibã desde a morte do antigo líder do grupo, mulá Mohammad Omar em julho de 2015.

    O Afeganistão está enfrentando uma significativa instabilidade política, social e de segurança, por causa das organizações extremistas radicais, incluindo o Talibã, que continuam a realizar ataques contra alvos civis e governamentais.

    Mais:

    Governador-sombra do Talibã é liquidado
    OTAN: líder do Talibã liquidado havia impedido negociações no Afeganistão
    ‘Tentações de primavera': Talibã inicia nova ofensiva
    Tags:
    drones, Talibã, mulá Mansour, EUA, Afeganistão, Paquistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik