02:34 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Carro em chamas em frente à casa do chefe de segurança de Aden, no Iêmen. Foto de arquivo

    Homens-bomba atacam centro de recrutamento militar no Iêmen

    © REUTERS/ Stringer
    Mundo
    URL curta
    0 02

    Pelo menos 45 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas durante ataque de homens-bomba no Iêmen.

    A respectiva informação foi divulgada por um representante militar.

    ​Dois homens-bomba se explodiram em uma fila  no centro de recrutamento militar perto da base de Badr na cidade de Aden.

    Os terroristas supostamente tinham por objetivo atingir os recrutas que estavam entrando nas filas para lutar contra os houthis no norte do país.

    Segundo fontes militares, um dos homens-bomba fez se explodir em um carro estacionado no local, matando 20 pessoas e o segundo detonou a bomba no meio de grupo de jovens, matando pelo menos outros 25.

    O país está em meio de um grave conflito militar entre o governo, liderado pelo presidente Abd Rabbuh Mansur Hadi, e os rebeldes houthis, a maior força de oposição no Iêmen. As forças houthis são apoiadas pelas tropas do exército leais ao ex-presidente que fugiu do país, Ali Abdullah Saleh.

    O grupo terrorista Daesh (proibido na Rússia) reivindicou os ataques, informou a agência Reuters. Na declaração divulgada pelas redes sociais o grupo informou que queria atingir o exército iemenita.

    Mais:

    Negociações de paz no Iêmen fracassaram
    Governo e houthis concordaram em iniciar negociações de paz no Iêmen
    Tags:
    homem-bomba, vítimas, Iêmen
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik