09:10 23 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Protestos em Paris contra reforma trabalhista da França

    Em meio a protestos populares, França aprova prorrogação do estado de emergência

    © AFP 2017/ ALAIN JOCARD
    Mundo
    URL curta
    5107902

    A câmara baixa do parlamento francês aprovou definitivamente nesta quinta-feira (19) uma prorrogação de dois meses do estado de emergência declarado no país após os ataques terroristas de 13 de novembro do ano passado em Paris.

    Segundo a AP, a medida destina-se a cobrir o período de 10 de junho a 10 de julho, quando acontece o Campeonato Europeu de futebol, e o período de 2 de julho a 24 de julho, quando acontece o Tour de France.

    O estado de emergência, que confere maiores poderes ao Estado em questões de segurança, já havia sido prorrogado anteriormente, em fevereiro, por três meses, e deveria terminar em 26 de maio.

    Enquanto isso, a polícia continua entrando em confronto violento com os manifestantes que vem tomando as ruas da França nos últimos dias, especialmente em Paris, contra a polêmica reforma trabalhista imposta pelo governo de François Hollande. 

    Nesta quinta-feira, a capital francesa é palco de uma nova ação de protesto organizada pelos sindicatos nacionais contra a legislação proposta, que concede maiores poderes às empresas na organização do tempo de trabalho, no pagamento de horas extras e na demissão de funcionários.

     

    Mais:

    Greves e protestos contra reforma trabalhista tomam França esta semana
    França continua sendo alvo do Daesh, diz inteligência
    Controladores de tráfego aéreo fazem greve em Paris contra reformas trabalhistas
    Nova onda de protestos violentos em Paris
    Tags:
    reforma trabalhista, estado de emergência, terrorismo, protestos, François Hollande, França, Paris
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik