22:28 17 Junho 2018
Ouvir Rádio
    Bandeiras da Rússia e da UE

    UE: Rússia não deve negociar com países do bloco sem intermédio de Bruxelas

    © Sputnik / Vladimir Sergeev
    Mundo
    URL curta
    0 08

    Rússia não deve negociar temas relacionados à competência da União Europeia diretamente com os países membros do bloco, sem intermédio de Bruxelas, declarou o diretor do departamento da Rússia do Serviço Europeu de Ação Externa (SEAE), Fernando Guimarães.

    Nesta terça-feira, em Bruxelas, os representantes do Clube Valdai de Discussões Internacionais apresentaram as principais teses do relatório sobre as perspectivas das relações Rússia-UE. Segundo os autores do relatório, a Rússia deve negociar temas relacionados à UE nos níveis apropriados — com a própria UE, ou com cada país em separado. Além disso, os especialistas destacam que os níveis do diálogo devem ser proporcionais, ou seja, formatos ineficientes devem ser reduzidos. O relatório também recomenda diferenciar as relações exteriores em geral das relações exteriores econômicas com os países da UE.

    O diretor do departamento da Rússia do SEAE, Fernando Guimarães, comentou as propostas do relatório. "Rússia deve reconhecer e respeitar a União Europeia e os seus interesses", disse o oficial.

    Segundo ele, "a posição de que Rússia deve buscar fragmentar suas relações com a União Europeia, escolhendo entre Bruxelas, países membros e organizações não governamentais, seria claramentre não construtiva". 

    Mais:

    ‘UE não pode permitir nova Guerra Fria com a Rússia’ - ministro austríaco
    Ministro grego: EUA e UE devem trabalhar com a Rússia contra terrorismo
    DWN: Sanções da UE contra a Rússia minam a economia da Áustria
    Tags:
    relações internacionais, Clube Valdai, SEAE, Fernando Guimarães, UE, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik