09:53 13 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    1 0 0
    Nos siga no

    O Reino Unido destacará mais soldados para ajudar o Iraque a combater o grupo terrorista, informou nesta quarta-feira o Ministério da Defesa britânico.

    Um comunicado conjunto divulgado pelos ministros da Defesa de 11 países da coalizão contra o Daesh após seu encontro em Stuttgart, na Alemanha, reafirmou o “forte apoio… ao uso de capacidades adicionais em curto prazo” para retomar Mosul e Raqqa.

    “As forças do Iraque têm o Daesh pressionado e estão retomando territórios, abalando as finanças e atacando a liderança do grupo terrorista. Agora é a hora de aproveitar o sucesso recente e estamos avaliando seriamente o que mais podemos oferecer à medida em que as operações de combate do Iraque se  intensificam”, declarou o secretário de Defesa, Michael Fallon.

    O ministério britânico declarou que iria considerar mais um “pacote de consultoria e treinamento” para ajudar as forças terrestres iraquianas no combate ao grupo terrorista. O pacote mais recente incluiria munição para atiradores de elite e reabastecimento do estoque de munição para metralhadoras pesadas, informou também o ministro.

    O Ministério da Defesa alega ter feito o segundo maior número de ataques aéreos no Iraque e na Síria e ressalta as entregas de cerca de 500 mil unidades de munição, mil detectores de dispositivos explosivos improvisados e mais de 300 toneladas de armas e equipamentos.

    Mais:

    Caças Typhoon interceptam avião civil no Reino Unido
    Reino Unido envia um chanceler a Cuba depois de quase seis décadas
    Inteligência dos EUA: Daesh tem células ativas no Reino Unido, na Alemanha e na Itália
    Tags:
    coalizão, aumento, contingente militar, terrorismo, Michael Fallon, Síria, Iraque, Grã-Bretanha, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar