09:51 18 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Curdos com bandeiras do PKK em Istambul, Turquia

    Professor britânico é acusado de fazer propaganda terrorista na Turquia

    © AP Photo/ Ibrahim Usta
    Mundo
    URL curta
    214503

    A Promotoria de Istambul está pedindo cinco anos de prisão para o professor britânico Chris Stephenson, acusado de fazer propaganda terrorista na Turquia, segundo informou nesta sexta-feira o jornal Hurriyet.

    Stephenson, que dá aulas de ciências da computação na Universidade Bilgi de Istambul, foi detido em março passado depois de apoiar colegas que pediram o fim dos ataques contra os curdos no sudeste da Turquia. Com o docente, foram apreendidos dez folhetos convidando para festividades do Nouruz, o Ano Novo persa, celebrado amplamente pela população curda. 

    De acordo com as autoridades turcas, os convites encontrados com o professor teriam ilustrações com bandeiras do PKK, o Partido dos Trabalhadores do Curdistão, considerado uma organização terrorista pelo governo turco.

    Mais:

    Explosão em mesquita na Turquia deixou 13 feridos - oficial
    Explosão atinge área perto da mesquita central em Bursa, na Turquia
    Turquia envia lançadores de mísseis para fronteira com a Síria
    Alemanha planeja construir base aérea permanente na Turquia
    Comitê contra tortura da ONU investiga violação dos direitos humanos na Turquia
    Tags:
    terrorismo, curdos, persas, Nouruz, PKK, Universidade Bilgi de Istambul, Chris Stephenson, Grã-Bretanha, Reino Unido, Istambul, Curdistão, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik