22:37 09 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    311
    Nos siga no

    Um tribunal federal de Chicago condenou a 15 meses de prisão o ex-presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos Dennis Hastert.

    Ele foi condenado por fraude financeira e perjúrio relacionado à primeira acusação, segundo relata o jornal Chicago Tribune.

    O político republicano cometeu fraude sacando cerca de um milhão de dólares em dinheiro de uma conta bancária sob um pretexto fictício. Segundo estabelecido pelo processo penal, a causa real era para comprar o silêncio de um homem que, durante décadas, sendo menor de idade, sofria assédio sexual por parte de Hastert.

    O tribunal qualificou o ex-congressista como "molestador de crianças em série".

    Mais:

    Soldados europeus são acusados de abuso sexual contra menores na África
    Histórias contraditórias complicam caso de deputado acusado de assédio por jovem do MBL
    Dilma acusa Eduardo Cunha de ser o "pecado original do impeachment"
    Tags:
    julgamento, prisão, molestador de crianças, fraude, assédio sexual, Câmara dos Representantes, Dennis Hastert, Chicago, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar