01:04 17 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Lançadores múltiplos de foguetes vistos quando estavam disparando durante um treinamento em lugar desconhecido da Coreia do Norte.

    Lavrov: Moscou espera que a Coreia do Norte ouça a voz da razão

    © REUTERS / KCNA
    Mundo
    URL curta
    1529

    Rússia espera que Coreia do Norte volte à vida política e económica internacional.

    “A situação na Península da Coreia provoca um certo alarme. Pyongyang está ignorando as exigências do Conselho da Segurança da ONU e continua a agravar a situação realizando testes com armas nucleares.

    Esperamos que o lado norte-coreano ouça a voz da razão, se abstenha dos novos passos irresponsáveis e perceba que as intenções de atingir o reconhecimento mundial através do estatuto nuclear do país são ilusórias ”-disse Lavrov em um encontro com funcionários do Ministério das Relações Exteriores da Mongólia.  

    Lavrov reiterou a posição da Rússia sobre o problema: a abdicação por parte da Coreia do Norte dos seus programas de mísseis balísticos e nucleares, o retorno ao discurso político, corresponde aos interesses de Pyongyang e cria as condições para que o país possa exercer o seu direito a desenvolver a energia nuclear para fins civis.

    “Deve ser encontrada uma solução mutuamente aceitável no aspeto da criação de um mecanismo legal de estabelecimento e manutenção da paz e segurança na região nordeste da Ásia", sublinhou Lavrov.

    Mais:

    Forças do Japão estão prontas para míssil da Coreia do Norte
    Coreia do Sul e EUA iniciam exercícios navais e provocam tensão com Coreia do Norte
    Tags:
    Conselho de Segurança da ONU, Sergei Lavrov, Coreia do Norte, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik