04:38 02 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    697
    Nos siga no

    O chanceler da Bolívia, David Choquehuanca, que se encontra hoje em Moscou, reivindicou mais uma vez a saída do seu país ao mar, demandada por La Paz há tempo.

    "Nós queremos agradecer a comunidade internacional, os organismos internacionais, a Organização dos Estados Americanos (OEA), que tem se manifestado de modo diferente, as vezes por meio de resoluções, o apoio à Bolívia em relação a saída soberana ao oceano Pacífico," falou o chefe da diplomacia boliviana, entrevistado pela Sputnik.

    O chanceler explicou que “nessa última etapa, quando o Chile se opôs a continuar o diálogo, nós apelamos a Haia”. Já o Chile disse que a “Haia não tem competências de julgar o assunto, porque eles têm resolvido todos os problemas com a Bolívia e não há nenhum assunto pendente, mas de repente o Tribunal internacional da Justiça mostrou-se interessado."

    "Esperamos que a justiça existe, porque temos a razão," concluiu o ministro.

    Mais:

    Bolívia rechaça interferência estrangeira em assuntos internos
    Especialista em WikiLeaks revela ingerência americana na Bolívia
    Mercosul, com Bolívia, será quinta economia do mundo
    Tags:
    litígio, David Choquehuanca, Bolívia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar