08:49 15 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    24320
    Nos siga no

    O setor de Relações Públicas do Comando Central da Força Aérea dos EUA declarou que os bombardeiros estratégicos B-52 chegaram a uma base aérea no Qatar e se untarão à luta da coalizão contra o grupo terrorista Daesh no Iraque e na Síria.

    “O B-52 vai fornecer precisão à coalizão e entregar o poder aéreo desejado. Como aeronave multifunção, o B-52 oferece diversas capacidade, inclusive o despejo de armas de precisão e a flexibilidade e a resistência necessárias para apoiar as prioridades dos comandantes e fortalecer o time da coalizão”, declarou o tenente-general Charles Q. Brown Jr., chefe do Comando Central da Força Aérea dos EUA e do Componente de Forças Aéreas Combinadas.

    Os aviões aterrissaram na base aérea Al Uleid, no Qatar, segundo um comunicado oficial.

    O B-52 é um bombardeiro pesado de longo alcance que pode realizar várias missões, incluindo ataque estratégico, interdição aérea e apoio a operações aéreas e marítimas.

    O Daesh, grupo sunita radical, é atualmente uma das maiores ameaças à segurança mundial.  Nos últimos três anos, os extremistas conseguiram capturar grandes partes dos territórios de Iraque e Síria. Os jihadistas também vêm tentando aumentar sua influência no norte da África, especialmente na Líbia.

    Mais:

    EUA enviam três bombardeiros estratégicos B-52 à Noruega
    Daesh começa a libertar reféns capturados no nordeste de Damasco
    Corrupção terrorista: Pagar para sair do Daesh (ou não)
    Daesh assassina 175 operários industriais capturados nos arredores de Damasco
    Turquia acusa deputado de terrorismo após revelações sobre fonte de armas tóxicas do Daesh
    Tags:
    bombardeiro estratégico, terrorismo, B-52, Daesh, Força Aérea, Estado Islâmico, Catar, Oriente Médio, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar