10:09 17 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Chanceler da Alemanha Angela Merkel

    Merkel comenta referendo da Holanda sobre adesão da Ucrânia à UE

    © AP Photo/ Michael Sohn
    Mundo
    URL curta
    116

    Um dia após a realização de referendo consultivo na Holanda sobre a associação econômica entre Ucrânia e União Europeia, a chanceler da Alemanha Angela Merkel declarou que a Alemanha está interessada no processo de aproximação entre Kiev e UE.

    "É claro que nós estamos interessados com que o rumo da Ucrânia em direção à UE e em direção a certos padrões, principalmente aos que estão assinalados no acordo sobre associação, seja um processo contínuo. E eu tenho a certeza que, assim como nós já soubemos lidar com outros problemas difíceis, a solução também será possível nesse caso" – disse Merkel.

    A chanceler revelou ter conversado com o primeiro-ministro da Holanda na noite de quarta-feira (6).

    "A Holanda dará uma reposta e nós vamos aguardá-la. A resposta será trabalhada em conjunto com instituições europeias" – disse Merkel.

    Mais cedo, a agência BNO News divulgou os resultados do referendo. Revelou-se que a maioria dos holandeses participantes da votação (61,1%) se manifestou contra ratificação do documento de associação. Apenas 38,1% teriam votado a favor. Para ser considerado válido, o referendo precisava contar com o mínimo de 30% de comparecimento. Os resultados completos da votação devem ser anunciados no dia 12 de abril.

    Tags:
    adesão, referendo, Angela Merkel, Ucrânia, Holanda, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik