11:27 26 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Cidade do Panamá em 4 de abril de 2016, menos de um dia depois de que estourou o escândalo

    Autenticidade de Panama Papers está em questão

    © AP Photo / Arnulfo Franco
    Mundo
    URL curta
    Panama Papers (31)
    131

    Um dos parceiros da empresa Mossack Fonseca, o advogado Ramón Fonseca, acusou os autores da publicação dos tais chamados Papeis de Panamá (Panama Papers) de falsificação de fatos.

    De acordo com ele, os autores da investigação sobre o uso de empresas offshore interpretaram os documentos, que foram vazados durante um ataque de hackers, de forma errada.

    “Eles [os e-mails vazados] são tirados do contexto”, declarou Fonseca.

    Mais cedo o advogado tinha declarado que os documentos não foram entregues à mídia por parte de funcionários da empresa, mas foram vazados durante um ataque de hackers. Uma queixa correspondente já foi dirigida por ele à Procuradoria de Panamá, informa a agência RIA Novosti.

    Ramón Fonseca sublinhou também que a sua empresa nunca liquidou quaisquer documentos financeiros, não ajudou a evitar taxas ou lavar dinheiro e sempre age respeitando a lei.

    Até o momento a autenticidade dos documentos reveladores não foi provada oficialmente, e a empresa Mossack Fonseca já tem declarado que nega provar a autenticidade destes chamando as ações de jornalistas de crime.

    Tema:
    Panama Papers (31)

    Mais:

    Panama Papers: empresário português e presidente da Argentina estão na lista de corrupção
    Casa Branca se recusa a comentar declarações sobre corrupção no governo russo
    Putin conduz reunião sobre problema da corrupção na Rússia
    Tags:
    Panama Papers, Mossack Fonseca, Ramón Mossack, Panamá
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar