17:16 13 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    21222
    Nos siga no

    O Irã desafiou uma resolução histórica do Conselho de Segurança das Nações Unidas ao realizar lançamentos de mísseis balísticos no início deste mês, segundo afirmaram os Estados Unidos e países europeus em uma carta conjunta obtida pela Reuters nesta terça-feira.

    De acordo com o documento, assinado por EUA, Reino Unido, Alemanha e França e endereçado ao embaixador espanhol na ONU, Roman Oyarzun Marchesi, e ao secretário-geral, Ban Ki-moon, os testes iranianos envolveram mísseis capazes de carregar armas nucleares, sendo inconsistentes e desafiando a resolução 2231, adotada em julho passado por ocasião do acordo nuclear entre Teerã e o grupo do P5+1. 

    Na carta, Washington e seus aliados pedem que o CS da ONU discuta respostas adequadas à suposta violação do Irã.

    A Espanha foi designada para coordenar as discussões em torno da resolução 2231. 

    Mais:

    Em boas mãos: Rússia e Irã desenvolvem logística de transporte de carga comercial
    Aventuras no Irã: uma saudita corajosa conta o que viu
    Reviravolta inesperada: Turquia quer ser amiga do Irã
    Testes com mísseis do Irã não violam resolução do CS da ONU, segundo embaixador russo
    Tags:
    acordo nuclear, mísseis, Reuters, Conselho de Segurança da ONU, ONU, Ban Ki-moon, Roman Oyarzun Marchesi, Teerã, Europa, Washington, Reino Unido, Alemanha, França, EUA, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar