14:06 26 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    8272
    Nos siga no

    Após uma série de combates contra o Exército sírio, um grupo de militantes do Daesh recuou para a região norte de Palmira. Ainda há embates nas partes leste e oeste da cidade histórica.

    O Exército sírio destruiu um tanque do Daesh e dois caminhões com artilharia antiaérea que vinham sendo usados pelos terroristas na cidade de Palmira, informou à RIA Novosti uma fonte no quartel-general do Exército sírio.

    Embora claramente perdendo terreno na parte norte da cidade, militantes do Daesh continuam a oferecer resistência.

    Mais cedo, também neste sábado, soldados do Exército sírio retiraram uma bandeira do Daesh do topo do Castelo Medieval de Palmira. No resto do dia, os combates continuaram em quase todas partes da cidade, com exceção do distrito histórico. Milicianos dos Falcões do Deserto conseguiram tomar o quarteirão residencial da cidade.

    Palmira é considerada chave no avanço rumo a Raqqa, no leste da Síria, dominada pelo Daesh. A cidade e suas ruínas históricas estão sob controle do grupo terrorista desde maio de 2015. O Daesh destruiu parte das ruínas, que são consideradas pela UNESCO como patrimônio mundial da humanidade.


    Mais:

    Ataques aéreos russos destroem 158 alvos terroristas em Palmira
    Palmira: combates recomeçam, exército avança
    Mais forte que o terror: Síria promete restaurar maravilhas antigas de Palmira
    Caças russos fizeram 41 investidas contra o Daesh em meio à libertação de Palmira
    Veja o que resta de Palmira (VÍDEO)
    Tags:
    recuo, bandeira, combate, terrorismo, Castelo de Palmira, Estado Islâmico, Daesh, Exército da Síria, Palmira, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar