18:21 23 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    3131
    Nos siga no

    Os representantes de diversos povos sírios, incluindo os curdos, vão discutir a possibilidade de federalização da Síria nas negociações de reconciliação de Genebra nesta quarta-feira (16) à tarde, disse o representante europeu da Administração do Curdistão sírio, Senam Mohamed, à Sputnik.

    "Nós temos o chamado Projeto da Síria Democrática… Temos também uma comissão a preparar tudo para este projeto. Trata-se de todos os componentes dos povos do Curdistão sírio, no norte da Síria – os árabes, turcomanos, curdos sírios, todos juntos", disse Mohamed.

    O chefe da representação do Curdistão sírio em Moscou disse que a decisão de federalização dos territórios controlados pelos curdos é uma resposta ao fato de os curdos não terem sido convidados às negociações sírias que estão decorrendo em Genebra.

    O Partido de União Democrática dos curdos em Moscou confirmou que não se trata da separação da Síria, segundo a RIA Novosti.

    O Curdistão sírio já tinha proclamado a autonomia, passando a ser governado pelo Conselho Supremo dos Curdos, órgão que o governo sírio não reconhece.

    No Curdistão sírio moram cerca de 4,6 milhões de pessoas, dos quais 2,5 milhões são curdos.

    Mais:

    Militantes do Daesh que atacaram Tell Abyad no Curdistão eram oriundos da Turquia
    Curdos sírios pedem a Rússia e EUA que forçem adesão do Exército Livre Sírio a cessar-fogo
    Tags:
    federalização, Curdistão sírio, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar