00:54 19 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    2193
    Nos siga no

    O líder da Coreia do Norte Kim Jong-un anunciou planos de realizar um novo teste nuclear e o lançamento de um míssil balístico, informou a agencia sul-coreana Yonhap, com fonte nas mídias oficiais de Pyongyang.

    “Para aumentar a confiabilidade do ataque nuclear, em breve, serão realizados testes com cargas nucleares e o lançamento de um míssil balístico capaz de transportar ogivas nucleares” – diz a publicação citando palavras de Kim Jong-un.

    Horas depois, o ministério da Defesa da Coreia do Sul declarou que Pyongyang também está desenvolvendo planos para destruir importantes alvos em Seul e violar a fronteira dos dois países com uma série de incidentes militares isolados e o uso de drones.

    A situação na península coreana começou a piorar após a Coreia do Norte ter realizado, em 6 de janeiro, o seu quarto teste nuclear e, em 7 de fevereiro, o lançamento de um míssil balístico de longo alcance. Em resposta à estas ações os EUA apresentaram ao Conselho de Segurança da ONU um projeto de novas sanções contra Pyongyang, que acabou sendo aprovado. Junto a isso, Washington intensificou os esforços de implantação de armamentos estratégicos na Coreia do Sul.

    A aprovação das sanções e a crescente presença dos EUA na península, inclusive com o início de amplos exercícios militares conjuntos com a Coreia do Sul, provocaram efeitos negativos sobre a postura da Coreia do Norte, e acirraram ainda mais as tensões na região, resultando, inclusive, em ameaças de um ataque nuclear preventivo por parte de Pyongyang.

    Mais:

    Mídia: Coreia do Norte perdeu um de seus submarinos
    Coreia do Norte lança dois mísseis balísticos em direção ao Mar do Japão
    Pyongyang ameaça EUA e Coreia do Sul com 'ataque nuclear preventivo'; Rússia reage
    Pyongyang diz a Seul que não abandonará programa nuclear sem tratado de paz
    Kim Jong-un ordena que armas nucleares estejam prontas para uso “a qualquer momento”
    Tags:
    teste nuclear, míssil balístico, Kim Jong-un, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar