21:57 23 Janeiro 2018
Ouvir Rádio
    A ex-secretária de Estado dos EUA, Condoleezza Rice, declarou que os cidadãos da Ucrânia devem reclamar menos e tomar mais a responsabilidade pra si, “ajudando aqueles que tem menos”.

    Condoleezza Rice diz que ucranianos insatisfeitos devem ir para Libéria

    © AP Photo/ Ben Margot, File
    Mundo
    URL curta
    1267

    A ex-secretária de Estado dos EUA, Condoleezza Rice, declarou que os cidadãos da Ucrânia devem reclamar menos e tomar mais a responsabilidade pra si, “ajudando aqueles que tem menos”.

    Ao realizar uma palestra em Kiev intitulada “Desafio de um mundo em mudança”, Rice sugeriu que os ucranianos insatisfeitos viajassem para a Libéria e depois ficassem felizes por viver na Ucrânia. 

    Segundo ela, os ucranianos devem mudar o foco na política e deixar de lutar pela sua independência e lutar por uma gestão eficaz do seu próprio Estado. 

    Vale lembrar que a crise da Ucrânia foi desencadeada pelo golpe de Estado que depôs o presidente eleito democraticamente, Victor Ianukovich. Na época, os Estados Unidos apoiaram mudança de governo no país. 

    Condoleezza Rice trabalhou na administração de George W. Bush como secretária de Estado e Conselheira de Segurança Nacional. Junto com o vice-presidente Richard Cheney, e o embaixador dos EUA na ONU, John Bolton, ela era chamada como um dos "falcões" da política externa norte-americana na época.

    Mais:

    Ucrânia deverá pagar compensação pelo que fez
    Irã participará da modernização da infraestrutura energética da Ucrânia
    Primeiro - paga: FMI apresenta condições de financiamento da Ucrânia
    ONU acusa Kiev de atrapalhar investigação sobre violações de direitos humanos na Ucrânia
    Chefe da Comissão Europeia: Ucrânia não poderá tornar-se membro da UE e OTAN
    Tags:
    conflito, crise, Victor Yanukovich, Libéria, Ucrânia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik