23:04 18 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    1403
    Nos siga no

    O Ocidente está perdendo de forma rápida o seu poder, que costumava ser baseado na democracia e nos direitos humanos. É o que afirma a publicação da Tagesspiegel.

    “Os EUA e a Europa formaram o entendimento sobre o que é o Ocidente. Em algum momento este Ocidente tinha a pretensão de ser forte o suficiente para defender os seus valores. As ambições ainda existem, ao mesmo tempo que já faltam forças”, diz o artigo.

    Um dos motivos apontados pela publicação para este enfraquecimento dos países ocidentais seria devido à “fuga da responsabilidade”. Como exemplo, foram citadas as políticas fracassadas de Angela Merkel em relação aos refugiados. A decisão de admitir mais de um milhão de migrantes foi tomada pela chanceler alemã sem discutir com os seus parceiros europeus.

    A publicação destaca também “a divisão da unidade europeia”, que pode ser observada pela crise financeira na Grécia, quando a França e a Alemanha não conseguiram acordar suas posições sobre a decisão das atuais questões. 

    Além disso, o Tagesspiegel acrescenta que a retórica agressiva do candidato à presidência dos EUA, Donald Trump, não agrada muito os europeus, uma vez que reflete certos preconceitos em relação aos americanos. 

    “Um drama curioso está no ar: a Europa e América estão caminhando lado a lado, mas cada um com a sua própria ideia fundamental de futuro”, resume o autor.

     

    Mais:

    O quebra-cabeças sírio: como o Ocidente leu Putin errado
    Maior problema com Kiev: Ocidente finge que Ucrânia cumpre acordos de Minsk
    Moscou acusa Ocidente de proteger rotas de abastecimento terrorista no norte da Síria
    Rússia entregou dados de inteligência sobre terroristas na Síria, Ocidente recusou
    Tags:
    Ocidente, União Europeia, EUA, poder
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar