10:13 19 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Polícia do estado de Washington no local de um tiroteio em Belfair, EUA

    EUA: Departamento de Estado não tem confirmação sobre cidadania de meninos assassinados

    © AP Photo/ Ted S. Warren
    Mundo
    URL curta
    188105

    Um representante do Departamento de Estado americano afirmou que não é possível confirmar no momento a cidadania de dois meninos adotados que foram assassinados no estado de Washington.

    O Departamento de Estado americano não sabe confirmar a cidadania de dois meninos adotados que foram assassinados no estado de Washington, afirmou à Sputnik, neste sábado, Dan Reeber, representante do Departamento responsável por questões diplomáticas em Seattle.

    O vice-xerife do Condado de Mason, Ryan Spurling, afirmou anteriormente que as crianças assassinadas podem ter vindo do Cazaquistão. Por outro lado, a legista do condado, Jane Pentz, disse à Sputnik que, segundo a polícia, os meninos tinham nacionalidade russa.

    Segundo Reeber, o Departamento de Estado americano está tentando determinar a nacionalidade dos meninos.

    "Trabalharemos com o consulado de qualquer que seja o país de onde os meninos tenham vindo originalmente", disse o oficial.

    O Ministério de Relações Exteriores do Cazaquistão está averiguando os relatos de que os meninos podem ter vindo de seu país, afirmou um porta-voz do ministério neste sábado.

    "Estamos agora averiguando essa informação", declarou o porta-voz do Ministério, Anuar Zhaikanov, à RIA Novosti.

    Cinco pessoas morreram na última sexta-feira, vítimas de um tiroteio na comunidade de Belfair. Um homem supostamente assassinou uma mulher, duas crianças e mais uma pessoa. Ele cometeu suicídio horas depois de a polícia chegar ao local.

    Cônsul russo: nomes não encontrados em banco de dados

    O cônsul geral russo em Seattle, Andrei Yushmanov, ainda não encontrou os nomes dos meninos no banco de dados.

    "Estamos checando as informações que temos sobre os nomes, sobrenomes e datas de nascimento. Estamos conferindo em nosso banco de dados. Até agora, não encontramos nada."

     

    Mais:

    Canadá: tiroteio em escola mata cinco pessoas e fere duas
    FBI: tiroteio na Califórnia é visto como potencial ato de terrorismo
    Pelo menos 14 pessoas morreram no tiroteio na Califórnia
    Tiroteio em universidade do Oregon deixa ao menos 10 mortos e 20 feridos
    Tiroteio em acampamento cigano deixa três mortos na França
    Tags:
    cidadania, assassinato, Departamento de Estado dos EUA, Belfair, EUA, Washington
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik