11:26 25 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    Trégua russo-americana na Síria (85)
    1355
    Nos siga no

    O tão esperado regime de cessar-fogo entre as forças do governo e da oposição armada da Síria foi oficialmente iniciado à meia-noite desta sexta-feira (26) para sábado (27) pelo horário de Damasco.

    A perspectiva de interromper os conflitos armados surgiu no início desta semana, quando os presidentes da Rússia e dos EUA conseguiram chegar a um acordo e emitiram uma declaração conjunta com os termos da trégua.

    A proposta, que excluía organizações consideradas terroristas pela ONU, como Daesh (Estado Islâmico) e Frente al-Nusra, foi aceita por Damasco e pela maioria dos grupos de oposição do país árabe.

    Nesta sexta-feira, o porta-voz oficial do Supremo Comitê de Negociações da oposição síria, Riyad Aga, informou que mais de 100 diferentes grupos aceitaram cumprir a trégua e que esse número continua aumentando. O Comitê deixou claro, no entanto, que a oposição se sente vulnerável e desprivilegiada pelos termos do regime, já que, por ser mais suscetível a ataques de organizações terroristas, também deveria ter o direito de continuar combatendo-as, como fora permitido ao governo oficial do país.

    Damasco, por sua vez, declarou ter aceitado a proposta do cessar-fogo após “longas consultas” com a Rússia, e revelou que, na prática, as hostilidades com diversos grupos da oposições cessaram antes mesmo de a trégua ter entrado em vigor.

    De acordo com os termos do acordo, uma vez aceitando o cessar-fogo, os grupos de oposição são automaticamente classificados como “pacíficos” e recebem a obrigação de defender da ameaça terrorista os territórios controlados por eles. Em troca, esses grupos ganham o direito de participar de forma legítima da vida política do país.

    Ná véspera de entrar em vigor, os líderes da Rússia e dos EUA prestaram declarações destacando que o cessar-fogo não representa de forma alguma o fim da luta contra o terrorismo. Tanto Vladimir Putin, como Barack Obama, destacaram dar continuidade às ações militares contra grupos terroristas como Daesh e Frente al-Nusra.

    Tema:
    Trégua russo-americana na Síria (85)
    Tags:
    trégua, cessar-fogo, Rússia, EUA, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar