11:13 21 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Presidente da Bielorrússia Aleksandr Lukashenko

    UE levanta formalmente as sanções contra a Bielorrússia

    © AFP 2018 / TIMOTHY A. CLARY / AFP
    Mundo
    URL curta
    380

    A União Europeia (UE) suspendeu formalmente nesta quinta-feira (25) quase todas as suas sanções contra a Bielorrússia, incluindo as contra o Presidente Aleksandr Lukashenko, reconhecendo melhoras nos relatórios de direitos humanos do país, segundo informou a AFP.

    Os chanceleres do bloco tomaram a respectiva decisão no início deste mês, depois que os últimos presos políticos bielorrussos foram libertados. 

    Bruxelas também reconheceu a legitimidade das eleições presidenciais realizadas em outubro passado, e anunciou agora o fim do congelamento de bens e das restrições de viagem que haviam sido impostas a 170 indivíduos e três entidades na Bielorrússia.

    No entanto, as sanções serão mantidas por mais um ano contra "quatro pessoas listadas em conexão com os desaparecimentos não resolvidos de dois políticos da oposição, um empresário e um jornalista". 

    Um embargo de armas de longa data também será mantido por mais um ano.

    Mais:

    Coreia do Norte está à beira de enfrentar novas sanções do Conselho de Segurança da ONU
    Hungria pode abrir debate para renegociar sanções da UE contra Rússia
    Kiev quer aplicar sanções à Sputnik
    Tags:
    presos políticos, eleições, direitos humanos, desaparecimento, sanções, União Europeia, Aleksandr Lukashenko, Bielorrússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik