04:33 23 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Primeiro-ministro húngaro, Viktor Orban

    Hungria anuncia referendo sobre cotas de refugiados impostas por Bruxelas

    © Sputnik / Sergei Guneev
    Mundo
    URL curta
    160

    A Hungria decidiu convocar um referendo sobre as cotas obrigatórias da União Europeia (UE) para a realocação de refugiados entre os países-membros do bloco, que obrigam o país a receber cerca de 2.300 imigrantes. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (24) pelo primeiro-ministro do país, Viktor Orban, em entrevista coletiva em Budapeste.

    ​"Estou convencido de que o governo está respondendo à disposição da opinião pública. Não podemos concordar [com as cotas] em contradição com a vontade do povo", disse Orban, citado pela revista húngara Heti Vilaggazdasag, acrescentando que tal imposição constituiria um “abuso de poder”. 

    O referendo, cuja data de realização ainda é desconhecida, colocará a seguinte questão para a população: “Concorda que a EU ordene a realocação obrigatória de cidadãos não-húngaros na Hungria mesmo sem o consentimento do Parlamento?”

    Em setembro do ano passado, os ministros do Interior da UE adotaram um mecanismo para distribuir 120.000 requerentes de asilo na Grécia e na Itália entre todos os 28 países membros do bloco, em uma tentativa de aliviar o fardo da crise de imigrantes sobre os Estados de fronteira da UE.

    A medida, embora tenha sido aprovada por maioria qualificada, foi imposta a todos os membros do bloco por igual, apesar da oposição de muitos países do Leste e da Europa Central – República Tcheca, Hungria, Eslováquia e Romênia votaram contra o mecanismo, enquanto a Polônia, embora reticente, acabou votando a favor.

    Mais:

    Sérvia e Croácia impõem limites aos imigrantes
    Merkel: Europa e Turquia devem dividir responsabilidade pela crise de refugiados
    Presidente da Finlândia alerta Rússia para possível invasão de refugiados
    Vice-secretário de Estado dos EUA diz que refugiados ameaçam integração europeia
    Tags:
    realocação, quotas, distribuição, mecanismo, crise migratória, cotas, referendo, imigrantes, refugiados, Viktor Orban, Leste Europeu, Hungria, União Europeia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar