00:11 21 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    O lendário fuzil de assalto russo Kalashnikov, AK-47

    Afeganistão vai se defender com armas russas

    © AFP 2019 /
    Mundo
    URL curta
    Afeganistão entre OTAN e Talibã (109)
    8243
    Nos siga no

    Moscou finalizou hoje (24) os fornecimentos de armas ligeiras a Cabul, novos contratos ainda não estão previstos, disse Zamir Kabulov, enviado especial da Rússia ao Afeganistão, à RIA Novosti.

    "Os fornecimentos estão a caminho. Hoje de manhã em Cabul realizou-se a cerimônia oficial de entrega, com a participação dos representantes e do nosso embaixador. Os fornecimentos estão finalizando, mas foi decidido realizar a cerimônia hoje", disse Kabulov, comentando as notícias na mídia afegã de que a Rússia entregou ao país 10 mil fuzis AK-47.

    Ao longo do último ano, forças de segurança afegãs, assim como tropas dos EUA e da OTAN, enfrentaram uma série de novas ameaças no Afeganistão, incluindo, principalmente, o crescimento das atividades do Daesh na província de Khorasan. Nesse contexto, de acordo com o general, é fácil notar que o país ainda "não atingiu um nível de segurança e estabilidade que justifique a redução do apoio" de Washington em 2016. 

    Tema:
    Afeganistão entre OTAN e Talibã (109)

    Mais:

    Afeganistão: Novo atentado suicida deixa 20 mortos em Cabul
    Negociações já: Afeganistão procura a paz
    Presidente do Afeganistão quer 'enterrar o Daesh'
    Tags:
    AK-47, Afeganistão, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar