16:46 21 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Rebeldes do Primeiro Batalhão sob o grupo de oposição Exército Livre da Síria participam de treinamento militar em 10 de junho de 2015, nos arredores de Aleppo.

    Rebeldes sírios criticam proposta de cessar-fogo da Rússia e dos EUA

    © AFP 2017/ BARAA AL-HALABI
    Mundo
    URL curta
    Trégua russo-americana na Síria (85)
    102010019

    Os rebeldes sírios consideraram o plano de cessar-fogo acordado entre EUA e Rússia como falho, já que o mesmo permite ao governo e seus aliados atacar forças rebeldes em territórios onde as mesmas combatem o grupo terrorista Frente al-Nusra, informou nesta segunda-feira (22) o líder o Exército Livre da Síria (ELS), Bashar al-Zoubi.

    Segundo informou a agência Reuters, al-Zoubi acredita que os exércitos do governo sírio e seus aliados russos irão atacar territórios mantidos pela oposição sob o pretexto de combater o grupo Frente al-Nusra.

    “A Rússia e o regime [sírio] irão atacar regiões dos revolucionários sob o pretexto da presença da Frente al_Nusra, e vocês sabem como esses territórios são mistos, e que, se isso acontecer, o cessar-fogo será violado” – informou a agência citando palavras de al-Zoubi.

    Nas palavras do líder rebelde, é “impossível” definir com precisão as atuais posições da Frente al-Nusra em território sírio, principalmente, no norte do país.

    Nesta segunda-feira (22) Moscou e Washington publicaram uma declaração conjunta sobre Síria propondo um plano de cessar-fogo para o governo e os grupos de oposição armada daquele país, com início previsto para 27 de fevereiro. O acordo, no entanto, exclui o Daesh (Estado Islâmico), Frente al-Nusra e outras organizações reconhecidas como terroristas pelas Nações Unidas.

    Tema:
    Trégua russo-americana na Síria (85)

    Mais:

    Kremlin publica acordo com EUA sobre cessar-fogo na Síria
    Síria pede que ONU puna países que patrocinam o terrorismo
    Rússia e EUA chegam a acordo sobre cessar-fogo na Síria
    Erdogan: Turquia tem direito de operar na Síria ou em qualquer outro lugar
    EUA já não sabem quais são os 'seus' rebeldes na Síria
    Tags:
    cessar-fogo, terrorismo, Daesh, Frente al-Nusra, Estado Islâmico, Bashar al-Zoubi, Síria, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik