18:31 23 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Daraya, subúrbio de Damasco e palco de combates entre o Exército Árabe Sírio e terroristas

    Síria pede que ONU puna países que patrocinam o terrorismo

    © Sputnik/ Mikhail Alaeddin
    Mundo
    URL curta
    121125182

    O Ministério das Relações Exteriores da Síria enviou uma carta ao secretário-geral da ONU e ao Conselho de Segurança da organização exigindo a rápida condenação dos atentado ocorridos em Damasco e Homs, além de punir os países que patrocinam os terroristas.

    “A Síria exige que o Conselho de Segurança e o secretário-geral da ONU condena rápida e rigorosamente os atos terroristas, e pede que o Conselho de Segurança tome medidas severas e sanções em relação aos países que patrocinam e apoiam terroristas”, afirma a diplomacia síria. 

    Uma série de explosões ocorreram na região xiita de Sayyid Zeinab, no sul da capital da Síria, na tarde do último domingo. Conforme relatado pela polícia de Damasco, pelo menos três explosões aconteceram por homens-bomba, e em um dos casos explodiu um carro-bomba. 120 pessoas foram mortas e centenas de pessoas ficaram feridas.

    Outros dois atentados ocorreram em Homs, na região de al-Zahra, matando cerca de 50 pessoas. 

    A guerra civil na Síria acontece desde março de 2011. Segundo os últimos dados da ONU, o conflito já matou mais de 220 mil pessoas.  

    Mais:

    Príncipes sauditas se articulam contra operações militares do reino no Iêmen e na Síria
    Erdogan: Turquia tem direito de operar na Síria ou em qualquer outro lugar
    Distrito xiita a sul da capital síria atingido por várias explosões
    EUA já não sabem quais são os 'seus' rebeldes na Síria
    Assad quer salvar a Síria dentro de dez anos
    Tags:
    terrorismo, conflito, ONU, Damasco, Homs, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik