08:38 14 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Ex-agente da NSA Edward Snowden

    Snowden estipula condições para voltar aos EUA

    © AFP 2018 / Frederick Florin
    Mundo
    URL curta
    22335

    O ex-agente da Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos (NSA) Edward Snowden, que atualmente está na Rússia, estipulou suas condições para voltar aos EUA, informou neste domingo a rede WMUR9.

    Imagem de Edward Snowden durante uma videoconferência
    © AP Photo / AP Images for The New Yorker
    Segundo Snowden, que fez uma aparição via Skype no New Hampshire Liberty Forum, ele aceitará extradição aos EUA se as autoridades lhe garantirem uma investigação justa.

    “Disse ao governo que voltarei de me garantirem um processo justo, onde eu possa defender os interesses da sociedade”, disse Snowden.

    Ele destacou que os EUA lhe atacam por estar na Rússia, mas ao mesmo tempo não lhe permitem sair do país.

    Em junho de 2013, Snowden vazou aos jornais The Washington Post e The Guardian arquivos confidenciais sobre programas de cybervigilância global dos EUA e da Grã-Bretanha.

    O americano fugiu para Hong Kong e, depois, para Moscou, onde passou várias semanas na zona de trânsito do aeroporto de Sheremetievo, até que em agosto de 2013 recebeu asilo por um ano do governo russo.

    Em agosto de 2014, as autoridades renovaram sua permissão para ficar no país por mais três anos e também lhe concederam visto de residência, o que permite a Snowden deslocar-se livremente pelo país, viajar ao estrangeiro e optar pela nacionalidade russa após cinco anos.

    Mais:

    Snowden ataca sistema de vigilância britânico: ‘o mais intrusivo do Ocidente’
    Mídia e autoridades dos EUA culpam Snowden por ataques em Paris
    Rasmussen, da Dinamarca, destrói campanha por asilo a Snowden
    Edward Snowden: resolução do Parlamento Europeu é um gesto "extraordinário"
    Parlamento Europeu exige fim de perseguição de Snowden
    Hillary Clinton quer Edward Snowden longe dos EUA
    Tags:
    condições, extradição, espionagem, vigilância eletrônica, cyberterrorismo, Agência Nacional de Segurança (NSA), Edward Snowden, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik