05:25 20 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Manifestantes interrompem sessão no Parlamento do Kosovo com bombas de gás

    Kosovo: Manifestantes interrompem sessão no Parlamento com bombas de gás

    © REUTERS / Agron Beqiri
    Mundo
    URL curta
    0 11

    Manifestantes da oposição ao governo do Kosovo, protestando contra a candidatura do atual vice-primeiro-ministro Hashem Thaci para a presidência da autoproclamada república, jogaram duas bombas de gás lacrimogêneo dentro do Parlamento na capital de Pristina, segundo relata a imprensa local nesta sexta-feira (19).

    ​Deputados estavam realizando uma sessão na hora do incidente e a retomaram após uma pausa, de acordo com o canal de televisão RTK, mas não conseguiram votar a maioria das questões na pauta do dia.

    O presidente kosovar é eleito pelo parlamento do país. O mandato da atual mandatária, Atifete Jahjaga, expira em 6 de abril, mas a data para a eleição de seu sucessor ainda não foi definida. A oposição exige a renúncia do governo e novas eleições parlamentares, a serem realizadas em março ou abril.

    ​O atual Executivo da república balcânica foi constituído em dezembro de 2014, seis meses após as eleições daquele ano, graças a um acordo alcançado entre os dois principais partidos do país. Na ocasião, ficou acordado que o então primeiro-ministro Hashem Thaci, do Partido Democrático (KDP), passaria o cargo para Isa Mustafa, líder da Liga Democrática (LDK), assumindo as funções de vice-primeiro-ministro e titular das Relações Exteriores.  

    Segundo o pacto alcançado, porém, Thaci seria presidente do Kosovo em 2016, quando expira o mandato de Jahjaga.

    O Kosovo, região habitada principalmente por albaneses étnicos, declarou sua independência da Sérvia em fevereiro de 2008, a qual foi reconhecida por mais de cem países, entre eles os EUA e grande parte dos aliados europeus. A Sérvia considera Kosovo como parte de seu território. Rússia, China e Espanha, entre dezenas de outras nações, também não reconhecem a república balcânica como um Estado independente.

    Mais:

    Kosovo tenta esconder destruição de igrejas ortodoxas
    Oposição sérvia quer aplicar cenário da Crimeia ao Kosovo
    Gás lacrimogêneo impede sessão do parlamento no Kosovo
    Belgrado cria “Sérvia Interior” com parlamento para proteger sérvios do Kosovo
    Lavrov explica por que Kosovo não pode ser comparado com Crimeia
    Tags:
    manifestantes, oposição, gás lacrimogêneo, bomba de gás, Parlamento, Atifete Jahjaga, Hashem Thaci, Pristina, Kosovo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik