22:34 23 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Agente aplica proteção contra vírus da Zika em Lima, Peru

    OMS precisa de $56 milhões para lutar contra Zika

    © AFP 2017/ Ernesto Benavides
    Mundo
    URL curta
    Zika Vírus: Alerta global (77)
    0 7101

    A Organização Mundial da Saúde (OMS) precisa de 56 milhões de dólares para implementar o Quadro de Resposta Estratégica e o Plano de Operações Conjuntas para combater a propagação do vírus Zika.

    Na última terça-feira, a OMS lançou o Quadro de Resposta Estratégica e o Plano de Operações Conjuntas com o objetivo de mobilizar recursos, comunicar medidas de proteção e prestação de cuidados médicos, como parte da luta global contra a epidemia do vírus Zika.

    "A OMS diz que são necessários 56 milhões de dólares para implementar o Quadro Estratégico de Resposta e o Plano de Operações Conjuntas", diz o comunicado da organização.

    De acordo com a declaração, 25 milhões de dólares são necessários para financiar as atividades anti-Zika da OMS e seu escritório regional para as Américas (AMRO / OPAS), enquanto outros $31 milhões seriam gastos para financiar o trabalho dos parceiros da organização.

    No começo de fevereiro, a Organização Mundial da Saúde levantou a suspeita de que o recente aumento de casos de microcefalia em recém-nascidos no Brasil tem relação com o vírus Zika, o que fez a organização declarar emergência internacional. No entanto, a relação entre os casos de microcefalia e o vírus Zika ainda não foi comprovada cientificamente. 

    Tema:
    Zika Vírus: Alerta global (77)

    Mais:

    ‘Temos que pesquisar mais para ter certeza de que a microcefalia é ligada ao zika vírus’
    OMS considera usar sistema russo para monitorar Zika nas Olimpíadas Rio-2016
    Zika ou pyriproxifen: Cientista diz que não se pode descartar hipóteses sobre microcefalia
    Dilma: zika não compromete Jogos Olímpicos no Rio
    OMS: ensaios para vacinas do Zika estarão prontos em pelo menos 18 meses
    Tags:
    microcefalia, Aedes Aegypti, combate, luta, zika, OMS, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik