18:10 19 Julho 2019
Ouvir Rádio
    China espera que a Nova Rota da Seda derrube barreiras comerciais e de investimento

    Nova Rota da Seda: Primeiro trem chinês chega à Rússia

    © flickr.com/ Trey Ratcliff
    Mundo
    URL curta
    12552

    O primeiro trem de carga chegou à região de Kaluga, na Rússia, vindo da China. O veículo é parte no projeto de infraestrutura chinês chamado de Nova Rota da Seda.

    O projeto chinês tem como objetivo ligar Leste Asiático, Oriente Médio, Europa e até África. Seu custo estimado é de US$ 900 bilhões.

    A Rússia seria parte essencial da construção do projeto. O trem que chegou da China à região de Kaluga é um teste do volume comercial de larga escala entre os dois países.

    O trem de carga tinha principalmente componentes para a empresa Samsung, baseada na cidade de Kaluga. 

    O vice-ministro russo de Transportes, Aleksei Tsydenov, o governador da região de Kaluga, Anatoly Artamonov, e dois representantes chineses da Samsung estavam presentes durante a cerimônia oficial.

    No ano passado, China e Rússia firmaram uma declaração conjunta sobre a construção do Cinturão Econômico da Rota da Seda e a cooperação da União Econômica Eurasiática. A declaração confirma que a Rússia apoia o projeto de construção do Cinturão Econômico da Rota da Seda e está disposta a cooperar de perto com a China para levar a declaração adiante.

    Mais:

    Xi Jinping abre Rota da Seda na África
    Chanceleres de China e Rússia discutem crise síria em conversa telefônica
    Chancelaria da China não duvida da cooperação econômica com Rússia
    Rússia abrirá mais um consulado na China
    Rússia se torna o maior fornecedor de petróleo da China
    Tags:
    projeto, trem, infraestrutura, Cinturão Econômico da Rota da Seda, Samsung, Kaluga, China, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar