20:41 29 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    Zika Vírus: Alerta global (77)
    0 62
    Nos siga no

    A ONU pediu aos países a afetados pelo vírus Zika que suspendam as restrições sobre os abortos. A informação foi divulgada pelo Alto Comissariado da ONU para os Direitos Humanos.

    “O Alto Comissario Zeid Raad al Hussein pede que os direitos das mulheres sejam respeitados (…) e declara que as leis que restringem o acesso a centros de reprodução para a proteção da saúde contradizem os padrões internacionais e devem ser abolidas”, afirma o comunicado. 

    Al Hussein destacou que as mulheres devem ter acesso a todos os serviços médicos, inclusive os abortos. 

    A infecção por zika pode causar febre baixa, erupções cutâneas, conjuntivite e dores musculares, mas às vezes não há sintomas, e ocorre através da picada de mosquitos do gênero Aedes Aegypti.

    Atualmente, a zika está presente na América Central e do Sul, e começou a se espalhar por toda a Europa.

    Por enquanto não há nenhuma vacina contra o vírus, que é particularmente perigosa para mulheres grávidas, uma vez que pode causar microcefalia fetal.

    Tema:
    Zika Vírus: Alerta global (77)

    Mais:

    Zika reúne ministros de países da América Latina em encontro emergencial
    Brasil e EUA firmam parceria no combate à zika
    Índia anuncia candidata a primeira vacina do mundo contra o Zika
    Estados Unidos confirmam transmissão sexual do vírus Zika
    OMS declara zika ameaça global de saúde
    Tags:
    zika, dengue, ONU, América do Sul, América Central, Europa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar