14:03 24 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Moeda de rublo em frente ao Kremlin, em Moscou

    Em 2015, Rússia evitou grande atentado cibernético

    © AFP 2018 / Alexander Nemenov
    Mundo
    URL curta
    2131

    Em 2015, o Ministério do Interior da Federação da Rússia neutralizou um grupo organizado que podia minar a segurança de todo o sistema bancário do país, disse nesta quitna-feira (4) Aleksei Moshkov, chefe da Administração K da pasta.

    Segundo Moshkov, trata-se de uma "'quadrilha internacional' que minou toda a segurança da Federação da Rússia".

    "No momento da detenção, os criminosos estavam preparando uma operação global de roubo de dinheiro praticamente de todos os bancos do país", disse ele durante a conferência informática Infoforum 2016, em Moscou.

    A Administração K é o departamento cibernético do Ministério do Interior.

    Mais cedo, em finais de janeiro, Aleksei Moshkov tinha afirmado que o uso de tecnologias informáticas pode aumentar a culpa — e a pena — do criminoso. "Ao fulano roubar, roubou de milhões de pessoas. Ao distribuir pornografia infantil, envolveu milhões de pessoas. Ao traficar drogas, ofereceu a milhões. Neste caso, tratamos de crimes em massa", disse o chefe da Administração K durante um evento na Duma de Estado (câmara baixa do parlamento russo), em 28 de janeiro.

    Mais:

    Ministério das Finanças da Rússia: rublo não viverá novos abalos em 2016
    Especialista: incoerências podem prejudicar lei que tipifica crime de terrorismo no Brasil
    Real e rublo foram alvo de manipulações ilegais
    Tags:
    crime, Ministério do Interior, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik