13:49 16 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0461
    Nos siga no

    A esquadrilha de caças-interceptores polivalentes Su-30SM na Crimeia será completada por novos aviões, disse na sexta-feira (29) o comandante da Frota do Mar Negro, almirante Aleksandr Vitko.

    Antes de a Crimeia ter se reunido com a Federação da Rússia, as autoridades ucranianas obstaculizaram o processo de modernização da Frota do Mar Negro. Durante os últimos 20 anos, o grupo de aviação da Frota do Mar Negro na Crimeia recebeu somente bombardeiros Su-24 de geração precedente.

    “Caças Su-30SM que agora fazem parte da aviação marítima da Frota do Mar Negro não somente servem de estrelas de paradas em Sevastopol mas também treinam o uso de meios de aviação de ataque em polígonos. <…> A esquadrilha destes aviões já foi criada e neste ano será completada pelos novos veículos“, disse Vitko.

    Acrescentou que o tempo de voo total da aviação da Frota do Mar Negro é equivalente a 5 mil horas, o que é o melhor indicador da última década.

    “Pilotos realizaram mais de 200 missões antinavio, o mesmo número de lançamentos de mísseis de aviação não guiadas e mais de 300 ataques a bomba. Foram realizadas mais de 100 decolagens e aterrisagens de helicópteros embarcados”, declarou o comandante.

    O caça-interceptor polivalente para dois tripulantes Su-30SM é destinado para dirigir grupos e combate aéreo, eliminar tropas de desembarque do inimigo, realizar reconhecimento aéreo e alvejar instalações inimigas no ar e no terreno.

    Além disso, o almirante frisou que a Frota do Mar Negro recebeu mais de 40 navios de combate e auxiliares, entre mais de 200 unidades de material bélico.

    Tags:
    Rússia, Crimeia, Mar Negro, Su-30SM, caças, aviação, frota
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar