20:24 23 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Um bombardeiro estratégico Tu-160 da Força Aeroespacial russa

    Forças Nucleares Estratégicas da Rússia recebem novas armas

    © Sputnik/ Vladimir Sergeev
    Mundo
    URL curta
    Defesa da Rússia (214)
    286607673

    As Forças Nucleares Estratégicas russas acabam de ser equipadas com mais 10 bombardeiros estratégicos modernizados Tu-160, Tu-95 e Tu-22, enquanto a Força Naval passa a ter mais dois novos submarinos nucleares.

    As Forças Nucleares Estratégicas russas receberam 10 aviões militares Tu-160, Tu-95 e Tu-22, divulgou o comandante do Estado-Maior General das Forças Armadas da Rússia, general Valery Gerasimov nesta sexta-feira (22).

    "Nós acabamos de receber novos tipos de armamento, novos mísseis… Para a Marinha da Rússia recebemos dois novos cruzadores [submarinos] estratégicos de mísseis, o Aleksandr Nevsky e o Vladimir Monomakh. E de equipamentos para a Aviação Nuclear Estratégica recebemos 10 bombardeiros estratégicos modernizados Tu-160, Tu-95 e Tu-22", disse.

    Lembramos que, em Dezembro, o presidente russo, Vladimir Putin, apresentou a Estratégia revisada de Segurança Nacional, na qual se diz que a Rússia deve reforçar as suas forças nucleares.

    • Um bombardeiro estratégico Tu-160 da Força Aeroespacial russa
      Um bombardeiro estratégico Tu-160 da Força Aeroespacial russa
      © Sputnik/ Vladimir Sergeev
    • Um Tu-95
      Um Tu-95
    • Um bombardeiro estratégico Tu-22, da Força Aeroespacial da Rússia, durante a operação na Síria
      Um bombardeiro estratégico Tu-22, da Força Aeroespacial da Rússia, durante a operação na Síria
      © Sputnik/ Ministério da Defesa da Federação da Rússia
    • Submarino nuclear russa  Vladimir Monomakh
      Submarino nuclear russa Vladimir Monomakh
      © Foto: Escritório de construção Rubin
    • Submarino nuclear Alexander Nevsky.
      Submarino nuclear Alexander Nevsky.
      © Sputnik/ Sergey Mamontov
    1 / 5
    © Sputnik/ Vladimir Sergeev
    Um bombardeiro estratégico Tu-160 da Força Aeroespacial russa
    Segundo esta indicação do presidente, Gerasimov declarou que a manutenção e o reforço destas forças serão a prioridade de Forças Armadas da Rússia em 2016.

    Tema:
    Defesa da Rússia (214)
    Tags:
    defesa, armas nucleares, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik