13:56 28 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0413
    Nos siga no

    O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, disse que a Rússia e o Japão precisam concluir um tratado de paz.

    “O Japão ainda não concluiu o tratado de paz com a Rússia 70 anos depois do fim da guerra. Estou persistente no meu desejo de resolver a disputa territorial e promover negociações sobre o tratado de paz”, destacou o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, em entrevista conjunta ao jornal japonês Nihon Keizai Shimbun e ao jornal norte-americano Financial Times.

    “Gostaria de contar com uma viagem à Rússia e a visita do presidente Putin ao Japão no momento mais conveniente”, destacou Abe.

    Segundo o Nihon Keizai Shimbun, Abe expressou o desejo de visitar a Rússia e realizar negociações com Putin antes da cúpula do G7, marcada para maio deste ano na prefeitura japonesa de Mie.

    O primeiro-ministro do Japão sublinhou que a participação construtiva da Rússia na resolução dos problemas internacionais, inclusive no Oriente Médio, é necessária.

    “Há assuntos urgentes que o mundo enfrenta, como a Síria, as tensões entre o Irã e a Arábia Saudita e o Daesh. Estes assuntos devem ser resolvidos pela comunidade internacional. Para fazer isso precisamos do envolvimento construtivo da Rússia”, afirmou Abe.

    Para o Japão, até agora a assinatura do tratado de paz dependia da resolução da disputa territorial visto que as partes, para o assinarem, não devem ter reclamações territoriais. A posição da Rússia consiste em que as fronteiras fixadas no fim da Segunda Guerra Mundial não devem ser revisadas. Ao mesmo tempo, ambos os países admitem que a situação não é normal e estão prontos para discutir o assunto.

    Tags:
    Rússia, Japão, Shinzo Abe, cooperação, disputa, negociações de paz, tratado de paz
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar