14:08 16 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Policiais indonésios armados e um carro blindado no local da explosão que teve lugar em Jacarta, Indonésia, 14 de janeiro de 2016

    Armas usadas em ataque na Indonésia provavelmente têm origem nas Filipinas

    © REUTERS / Beawiharta
    Mundo
    URL curta
    0 13

    A polícia da Indonésia afirmou, neste domingo, que as armas usadas em um ataque terrorista em Jacarta, capital do país, provavelmente têm origem nas Filipinas. O ataque ocorreu na quinta-feira passada e deixou quatro civis mortos.

    O porta-voz da polícia, Anton Charliyan, disse que as armas são caseiras e possuem indícios de terem sido feitas nas Filipinas. "Elas foram bem construídas", acrescentou. 

    Segundo ele, outras nove armas apreendidas em incursões contra o terrorismo em todo o país desde o ataque também podem ter vindo das Filipinas. As afirmações são feitas com base em informações obtidas com algumas das 11 pessoas presas. 

    Quatro deles e quatro civis morreram durante os ataques de quinta-feira, a primeira grande ação terrorista na capital do país desde 2009. O Daesh, grupo também conhecido como Estado Islâmico, assumiu a autoria e disse que o financiamento veio da unidade do grupo na Síria.

    A polícia também disse que não sabe se há alguma conexão entre os ataques em Jacarta e as quatro prisões feitas neste fim de semana na Malásia. A polícia local deteve quatro pessoas entre 11 e 15 de janeiro em Kuala Lumpur e no estado vizinho de Selangor. Os detidos são suspeitos de planejar um ataque e ter conexões com o Daesh.

    Mais:

    Daesh se responsabiliza pelos atentados na Indonésia
    Polícia mata quatro agressores na Indonésia
    Rússia pode vir a fornecer aviões MC21 à Indonésia
    Indonésia prende suspeitos de planejarem atentados durante o Réveillon
    Tags:
    origem, arma, atentado, explosão, terrorismo, Daesh, Estado Islâmico, Jacarta, Filipinas, Indonésia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar