08:27 19 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Secretário de Estado norte-americano John Kerry durante a conferência de imprensa sobre a reunião da OTAN, Bruxelas, 2 de dezembro de 2015

    EUA agradecem ao Irã por rápida libertação de marinheiros detidos

    © AFP 2019 / JONATHAN ERNST
    Mundo
    URL curta
    1951

    O governo dos EUA é grato a Teerã por ajudar a providenciar a rápida libertação dos dez marinheiros norte-americanos que foram detidos pelo Irã no Golfo Pérsico, disse o secretário de Estado dos EUA, John Kerry, em comunicado nesta quarta-feira (13).

    "Quero expressar minha gratidão às autoridades iranianas pela sua cooperação na resolução rápida desta questão", afirmou o chefe da diplomacia norte-americana.

    Navios de guerra da Marinha do Irã
    © AP Photo / Agência de Notícias Fars, Mahdi Marizad
    Na terça-feira (12), o Pentágono confirmou que o Irã havia detido duas embarcações de patrulha da Marinha norte-americana com dez marinheiros a bordo no Golfo Pérsico. 

    Uma fonte na Guarda Revolucionária do Irã confirmou à Sputnik nesta quarta-feira que os barcos entraram em águas iranianas devido a uma falha técnica com o sistema de navegação.

    ​Kerry destacou que a resolução pacífica do incidente testemunha o papel crítico que a diplomacia pode desempenhar para manter os EUA "fortes e seguros".

    Mais:

    Irã deteve 10 soldados e 2 embarcações dos EUA
    Diplomatas de Rússia e Irã discutem crises saudita e síria
    Lavrov e Kerry discutem resolução do conflito sírio
    John Kerry enviou carta ao chanceler iraniano garantindo a implantação do acordo nuclear
    Tags:
    águas territoriais, incidente, libertação, diplomacia, barcos de patrulha, marinheiros, Guarda Revolucionária do Irã, Marinha, Pentágono, John Kerry, Golfo Pérsico, Estados Unidos, EUA, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar