00:44 25 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Soldados sul-coreanos preparam equipamento antes de iniciar emissões de propaganda para o território da Coreia do Norte, 8 de janeiro de 2016

    Coreia do Sul reinicia emissões de propaganda no aniversário do líder norte-coreano

    © AFP 2019 / YONHAP
    Mundo
    URL curta
    10213

    Na sexta-feira (8), a Coreia do Sul retomou as emissões de propaganda dirigidas para o território da Coreia do Norte. As emissões durarão algumas horas todos os dias e poderão ser ouvidas à distância de 24 km da fronteira entre as duas Coreias.

    Segundo a agência noticiosa sul-coreana Yonhap, as emissões, que foram retomadas no dia do aniversário do líder norte-coreano, Kim Jong-un, incluem programas de propaganda da rádio Voz da Liberdade. Os programas durarão de 2 a 6 horas por dia.

    O alcance das emissões de dia é de 10 km e, de noite, de 24 km. Assim, os programas serão ouvidos não somente pelos soldados norte-coreanos presentes na zona de desmilitarização de 4 km mas também fora desta faixa fronteiriça.

    Além disso, a Coreia do Sul instalou perto da fronteira com o seu vizinho sistemas de mísseis antitanque e sistemas de artilharia autopropulsada K-9 nos locais onde é feita a difusão das emissões de propaganda.

    Citando fontes militares, a Yonhap informou que foram preparados novos abrigos em caso de ataque por parte da Coreia do Norte.

    Em 6 de janeiro a Coreia do Norte anunciou ter realizado o primeiro teste de uma bomba de hidrogênio. A comunidade internacional, inclusive as potências nucleares, condenaram as ações de Pyongyang, tendo expressado a sua preocupação sobre um provável agravamento da situação na região. Um leque de especialistas internacionais duvidou de que a Coreia do Norte tenha de fato testado uma bomba de hidrogênio.

    Em agosto de 2015 a Coreia do Norte ameaçou eliminar os alto-falantes instalados pela Coreia do Sul na fronteira entre os dois países por meio de fogo de artilharia mas as negociações conseguiram prevenir confrontos. As emissões foram cessadas, Seul e Pyongyang acordaram iniciar negociações para melhorar as relações bilaterais. Entretanto, o quarto teste nuclear da Coreia do Norte deitou por terra todo o progresso atingido pelas partes.

    Tags:
    teste nuclear, emissões, alto-falantes, bomba, propaganda, fronteira, Kim Jong-un, Coreia do Sul, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar