17:43 19 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    6242
    Nos siga no

    A analista política norte-americana Lauren Carroll escreveu no site Politifact que o pré-candidato do Partido Republicano à Presidência dos EUA Donald Trump tem razão ao dizer que o presidente russo, Vladimir Putin, tem 80% de popularidade em seu país.

    O magnata teceu muitos elogios ao líder da Rússia em uma entrevista a Chuck Todd no programa Meet the Press, da NBC. Trump disse, por exemplo, que Putin era brilhante e talentoso e destacou que sua aprovação pela população russa é de 80%.

    “Ele [Putin] é um líder forte. O que eu vou dizer, ele é um líder fraco? Ele está fazendo picadinho de nosso presidente [Barack Obama]… Ele tem um índice de aprovação de 80% feito por pesquisadores desse país [EUA]. Ok? Portanto, não foi feito por seus pesquisadores. Ele é muito popular na Rússia”, disse Donald Trump.

    Lauren Carroll deu razão ao pré-candidato republicano. No artigo, ela elencou pesquisas produzidas por institutos norte-americanos que mostram números semelhantes aos apresentados por Donald Trump na TV dos EUA.

    A analista relatou inclusive a afirmação do coautor de um estudo e professor de ciência política da Universidade Wisconsin-Madison, Scott Gehlbach. Ele frisou que os dados do magnata são “consistentes com o que encontramos”.

    O auto percentual de aprovação de Vladimir Putin motivou a instituição a usar artifícios em outras pesquisas para entender se o resultado não fora fruto de medo de represálias ou de ir contra a sociedade. Gehlbach, segundo o artigo de Carroll, destacou que após quatro levantamentos os números são os mesmos.

    No início de novembro, uma pesquisa da Fundação Opinião Pública da Rússia revelou que Vladimir Putin tem a aprovação positiva de 85% dos russos. Já 86% dos entrevistados disseram que confiam no chefe de Estado.

    Mais:

    As frases mais marcantes do presidente Putin em 2015
    2015 chega ao fim confirmando o protagonismo internacional da Rússia e de Putin
    Resolução sobre a Síria mostra que 'Putin tinha razão'
    Tags:
    razão, aprovação, popularidade, estudo, levantamento, pesquisa, NBC, Partido Republicano, Universidade Wisconsin-Madison, Scott Gehlbach, Lauren Carroll, Chuck Todd, Donald Trump, Vladimir Putin, Barack Obama, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar